sexta-feira, 19 de março de 2010

Coesão e coerência

Oi, pessoal!

Hoje temos algumas dúvidas da Leitora (é assim que ela assina o e-mail). Nossa amiga é estudante universitária em Brasília/DF e diz: "Não entendo bem esse negócio de coesão e coerência. Quando estudava para o vestibular, cheguei a ter raiva da Língua Portuguesa. Pô, além de ter que memorizar a estrutra da redação, buscar ideias originais, fundamentar as ideias, revisar as regras gramaticais, tinha que saber se o texto estava coeso e coerente. Meu problema tem solução?"

Querida, isso não é uma pergunta. É um desabafo! Mas, vamos com calma, pois o bicho não é tão feio quanto parece ser! Primeiro, para acalmar teu coração, saiba que não é a única a sentir dificuldade quanto à coesão e coerência. Afirmo que, algumas vezes, uma das causas para o "bloqueio" na aprendizagem da Língua Portuguesa, está no método de ensino utilizado.

Antes de responder ao questionamento da Leitora, fiz uma rápida pesquisa tentando encontrar uma resposta simples e objetiva para as dúvidas de nossa amiga (e sei que a de outros tantos leitores). Querem saber o que encontrei? Excesso de prolixidade*, falta de clareza e objetividade. Não entendam, por favor, minha afirmação como uma crítica, é simplesmente uma observação. Um exemplo do que encontrei como explicação do tema que estamos abordando: "... tais mecanismos linguísticos que estabelecem a conectividade do que foi escrito... são referentes textuais e buscam garantir a coesão para que haja coerência.". Entenderam? :(

Leitora, um texto coeso é aquele onde existe a organização das palavras. É quando elas (as palavras) unem-se umas às outras adequadamente. As palavras unidas formam uma oração, e as orações vão constituir períodos. Isso é coesão. Já, coerência é o conteúdo do texto, ou seja, a sequência ordenada (olha a coesão aí, gente) dos fatos expostos no texto. Não havendo o emprego correto dos elementos de ligação (conectivos) faltará coesão e, consequentemente, coerência ao texto Se estivermos falando sobre os benefícios de algo e, de repente, dissermos que esse algo somente prejudica a sociedade, por exemplo, nesse texto faltará coerência. Se afirmarmos algo, positiva ou negativamente, teremos que manter a mesma opinião até o final do texto..

Bem, espero ter ajudado a esclarecer as dúvidas!

Um abraço coeso e coerrente.


*Prolixo = falta de objeitividade, comprometendo a clareza. .




1 Palavreando:

Joana Neves 20 de março de 2010 04:50  

Olá amiga querida!
Vim oferecer o meu selinho comemorativo do Dia do Blogueiro!
Encontra-o logo no inicio do blog:)

Venho também oferecer o selinho " comentarista excelente"
que está na minha salinha "Prémios recebidos".

Um feliz dia amiga!
Obrigada de coração por fazer parte deste mundinho virtual
que tanto me faz feliz=^.^=

  ,¡|i¹i|¡,
     ¹i|¡,¡|i¹ Beijos

e um bom Fim de semama!
ღ\\(^_^)//ღ

Joana Neves
http://joananeves.splinder.com

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Créditos

Imagens:
Google Image

Fontes:
Michaelis Nova Ortografia
Equipe Brasil Escola
Dicionário Aurélio 2010

Créditos Template

  © Cris Duarte Marinha by Cantinho do Blog 2010

Back to TOP